Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama promete justiça contra massacre no Colorado

Em pronunciamento, presidente dos EUA diz que ataque que deixou 12 mortos em cinema foi 'sem sentido'. Suspeito, de 24 anos, era estudante de Medicina

Em pronunciamento na manhã desta sexta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, prometeu que será feita justiça em relação ao massacre ocorrido em um cinema da cidade de Aurora, na região metropolitana de Denver, nesta madrugada. No ataque, praticado por um atirador mascarado na estreia do filme Batman: O Cavaleiro das Trevas ressurge, pelo menos 12 pessoas morreram e 50 ficaram feridas. Um suspeito, identificado pelo FBI como James Holmes, 24 anos, era estudante de Medicina até o mês passado, segundo as agências internacionais.

LEIA TAMBÉM:

Após atentado, première do longa é cancelada em Paris

Os ataques mais violentos dos EUA nos últimos 20 anos

Acervo Digital VEJA: Em 1999, Mateus Meira e o massacre que chocou o Brasil

Ao saber do crime, Obama, que está em campanha pela reeleição pelo partido democrata, cancelou sua participação em eventos eleitorais. “É uma tragédia nacional. Hoje não é dia de política, mas de orações e reflexão”, afirmou. O presidente disse, ainda, que o episódio de violência “sem sentido” faz lembrar a todos que “estamos unidos como uma só família americana”.

Em nota, o republicano Mitt Romney, rival de Obama na campanha eleitoral, disse que ele e Ann, sua mulher, ficaram profundamente tristes com o ataque. “Estamos orando para as famílias e os entes queridos das vítimas nesse período de choque profundo e imensa tristeza. Que a pessoa responsável por este crime terrível seja rapidamente levada à Justiça”.

Massacre – Testemunhas relatam que o atirador usava uma máscara de gás e teria jogado uma bomba de fumaça no local durante o ataque. Os disparos teriam começado durante uma cena de tiroteio do filme, confundindo os espectadores. Dez pessoas morreram no local e outras duas vítimas não resistiram aos ferimentos após serem levadas para o hospital. Entre os feridos está um bebê de três meses de idade.

A polícia localizou Holmes pouco após o ataque em um estacionamento próximo ao cinema. Ele vestia um colete à prova de balas e portava um rifle e uma pistola. Ele não resistiu à prisão e contou que havia explosivos em sua casa – para onde policiais se dirigiram em seguida. O FBI informou que o homem não parece ter conexões com o terrorismo. Os motivos do ataque ainda são desconhecidos.

Perfil – De acordo com as agências internacionais, Holmes é de San Diego, na California, e mudou-se para Denver para fazer doutorado em Medicina na Universidade do Colorado. Ele abandonou o curso no mês passado, segundo a instituição.

Não foi a primeira vez que a região sofreu com um massacre de grandes proporções. Em 1999, dois estudantes abriram fogo no colégio Columbine em Littleton – a apenas 25 quilômetros de Aurora – matando 13 pessoas e cometendo suicídio em seguida.

(Com agência EFE)