Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama, o piadista, tira sarro de Trump em jantar

No tradicional evento com correspondentes da Casa Branca, presidente americano exaltou a 'experiência' do magnata na política externa: ‘Teve encontros com líderes mundiais, como a Miss Suécia, a Miss Argentina...’

Em seu último jantar com correspondentes da Casa Branca – tradicional evento anual em que os presidentes americanos fazem uma espécie de stand-up comedy -, Barack Obama teve como alvo principal o magnata Donald Trump, favorito para disputar a eleição presidencial pelo Partido Republicano.

“Dizem que falta a ele experiência na política externa para ser presidente. Mas sejamos justos, ele passou anos se encontrando com líderes de todo o mundo: a Miss Suécia, a Miss Argentina, a Miss Azerbaijão”, disparou Obama, lembrando que o empresário foi por muito tempo o organizador do concurso Miss Universo e arrancando gargalhadas da plateia.

Presente nas últimas edições do jantar, que reúne políticos, jornalistas e celebridades, Trump não apareceu no Hotel Hilton, em Washington, neste ano. Fato que Obama não deixou escapar. “Será que este jantar é muito brega para Donald? O que ele poderia estar fazendo em vez de estar aqui?” questionou. “Tuitando insultos para Angela Merkel?”.

Sobre a proximidade do fim de seu mandato, Obama brincou ao mencionar seu encontro com o pequeno príncipe George, na Grã-Bretanha. “Líderes estrangeiros aguardam ansiosos a minha saída. Na semana passada, o príncipe George apareceu para nossa reunião de roupão de banho. Foi um tapa na cara, uma clara quebra de protocolo.”

Em outra boa piada da noite, o presidente americano não deixou barato para seu mais novo amigo, o vaidoso premiê canadense Justin Trudeau: “Recentemente, alguém disse para mim: ‘Senhor presidente, você já é passado. Justin Trudeau substituiu completamente você. Ele é tão bonito, tão charmoso, ele é o futuro.’ E eu disse: ‘Justin, dá um tempo’.”

Ao comentar sobre o seu sucessor na Casa Branca, Obama “elegeu” a colega democrata Hillary Clinton, dizendo que “no ano que vem outra pessoa estará neste lugar, e é difícil saber quem será ela”. Hillary é a única mulher na disputa pela presidência dos Estados Unidos.

Ao final da apresentação, o presidente americano deixou o palco em grande estilo. Jogou o microfone e disse só duas palavras: “Obama, saindo”. A plateia adorou.

(Da redação)