Clique e assine a partir de 9,90/mês

Obama diz que Israel não decidiu se atacará ou não o Irã

Por Da Redação - 5 fev 2012, 20h53

Washington, 5 fev (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse neste domingo acreditar que Israel não decidiu se atacará ou não o Irã, apesar de relatórios indicarem que o secretário de Defesa, Leon Panetta, está convencido de que haverá um ataque esta primavera (hemisfério norte).

‘Não acho que Israel tenha tomado uma decisão sobre o que têm que fazer’, disse Obama em entrevista à rede ‘NBC’ na prévia da partida do Super Bowl.

Os EUA trabalharão para criar um ‘procedimento conjunto’ com Israel para enfrentar suas preocupações sobre o Irã e obrigá-lo a ‘renunciar a seu programa de armamento nuclear’, assegurou Obama.

O presidente americano assegurou que seu país fará ‘tudo o que puder’ para frear a corrida nuclear iraniana, mas se mostrou reticente a recorrer à opção militar, como dizem alguns republicanos.

‘Qualquer tipo de atividade militar adicional dentro do Golfo (Pérsico) será desestabilizadora e terá um grande efeito sobre nós. Poderia ter um grande efeito nos preços do petróleo, e ainda temos tropas no Afeganistão, na fronteira com o Irã, portanto nossa solução preferencial é a diplomática’, assinalou.

Quanto à possibilidade de que o Irã possa lançar um ataque em solo americano, Obama respondeu que seu Governo não tem ‘nenhum indício’ de que o regime de Mahmoud Ahmadinejad ‘tenha esse tipo de intenções ou a capacidade para executá-las atualmente’. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade