Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama dá início à primeira visita a Israel como presidente

Presidente americano chegou ao país nesta quarta. Ele se reunirá com Shimon Peres e Benjamin Netanyahu. Irã e Síria devem ser temas das conversas

O presidente americano Barack Obama chegou nesta quarta-feira a Israel para sua primeira visita oficial ao país desde que assumiu poder, em 2009. O Air Force One, aeronave da Presidência americana, pousou por volta das 7h30 no aeroporto Ben Gurión, em Tel Aviv.

Obama havia visitado Israel em 2008, ainda durante a campanha eleitoral de seu primeiro mandato. O americano dedicará seu primeiro dia de visita oficial a encontros com o presidente Shimon Peres e com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Nesta noite, Obama e Netanyahu concederão uma entrevista coletiva após uma reunião bilateral e antes de um jantar de trabalho.

O Irã deve dominar as conversações em Israel, diante das suspeitas ocidentais de que Teerã está desenvolvendo uma arma nuclear sob a fachada de um programa atômico civil. Outro tema que deve ocupar as conversas é a guerra civil na Síria.

De acordo com a rede britânica BBC, integrantes do governo americano afirmam que é pequena a possibilidade de que Obama aproveite a viagem de quatro dias ao Oriente Médio para lançar uma proposta pela retomada do processo de paz entre Israel e os palestinos.

Na semana passada, Obama disse à TV de Israel que seu objetivo era “escutar”. O americano visitará na quinta-feira o Museu Nacional de Israel, antes de seguir para Ramallah, onde se encontrará com o presidente palestino, Mahmud Abbas, e o primeiro-ministro Salam Fayyad. Então, regressará a Jerusalém para pronunciar um discurso para jovens israelenses.

Na sexta-feira, Obama depositará ramos de flores sobre os túmulos do fundador do sionismo, Theodor Herzl, e do primeiro-ministro Isaac Rabin, assassinado em 1995. Em seguida, irá ao Memorial do Holocausto, antes de seguir para a Cisjordânia, onde visitará a Igreja da Natividade, em Belém. À noite, Obama terá uma reunião com o rei Abdullah II da Jordânia, um dos grandes aliados dos Estados Unidos na região. Antes de regressar aos EUA, na noite de sábado, Obama fará uma viagem de turismo à cidade de Petra.

(Com agências EFE e France-Presse)