Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama começa campanha pedindo um país com as mesmas regras para todos

O presidente ressaltou em seu discurso as ações de sua gestão para salvar a economia americana e a morte de Osama bin Laden

“Estamos satisfeitos? Claro que não, mas estamos fazendo avanços enquanto os republicanos insistem para que voltemos às políticas que criaram este desastre”, argumentou Obama durante discurso

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, começou oficialmente neste sábado sua campanha para a reeleição em Columbus, Ohio. “(Precisamos) seguir avançando e conseguir um país no qual as regras sejam iguais para todos”, disse Obama, pedindo a colaboração dos norte-americanos para que isso se torne possível. O foco do primeiro discurso oficial de campanha do presidente foi a sua administração para salvar a economia americana e a morte do ex-líder da Al Qaeda, Osama bin Laden.

“Não estamos aqui só para ganhar uma reeleição, estamos aqui juntos para continuar construindo essa América na qual acreditamos, e para conseguirmos fortalecer a classe média”, disse o Obama. Ele advertiu que as eleições de novembro serão mais complicadas do que as de 2008, quando venceu a corrida presidencial. No entanto, Obama garantiu que venceria o pré-candidato republicano Mitt Romney, favorito na disputa interna de seu partido, por meio do ‘boca a boca’ em cada canto do país.

“Neste país as pessoas prosperam quando têm uma oportunidade, quando recebem educação, quando podem desenvolver suas habilidades. E esta é a única maneira para conseguir que os Estados Unidos sejam mais fortes”, insistiu o presidente. Nas últimas semanas, ele está centrando sua política em facilitar o acesso dos estudantes aos créditos universitários.

“Todo o mundo deve jogar o mesmo jogo, deve ter as mesmas regras, e encontrar as mesmas oportunidades. É por isso que me apresento à reeleição”, ressaltou. “Estamos satisfeitos?”, perguntou Obama. “Claro que não, mas estamos fazendo avanços enquanto os republicanos insistem para que voltemos às políticas que criaram este desastre”, argumentou.

Depois de Ohio, um dos estados mais decisivos em termos eleitorais, o presidente se dirigirá a Richmond, capital do estado da Virgínia, território tradicionalmente republicano, mas onde também venceu em 2008 após quase 40 anos de hegemonia conservadora.

O presidente esteve neste sábado acompanhado pela primeira-dama, Michelle Obama, que apresentou seu marido perante os milhares de seguidores que se encontravam na Universidade Estadual de Ohio e os encorajou a lutar ativamente durante estes meses de campanha com um contundente chamado: “Barack precisa de vocês”.

(Com EFE)

LEIA TAMBÉM:

Eleições nos Estados Unidos

Romney se aproxima de Obama em pesquisa eleitoral

Campanha de Obama aposta em novo slogan: ‘adiante’

Guantánamo: cinco acusados do 11/9 levados a tribunal