Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Obama coloca cinco pontos de vantagem sobre Romney

Em pesquisa, democrata tem o apoio de 50% dos eleitores, contra 45% do rival

Por Da Redação 19 set 2012, 04h10

Crise no mundo islâmico afetou a avaliação de Barack Obama, mas não derrubou a vantagem do democrata sobre Mitt Romney

O presidente dos Estados Unidos e candidato à reeleição, Barack Obama, abriu cinco pontos de vantagem sobre seu rival republicano nas eleições de novembro, Mitt Romney, segundo uma pesquisa encomendada pela rede NBC e pelo jornal Wall Street Journal, e divulgada na terça-feira. Segundo o levantamento, o democrata tem o apoio de 50% dos eleitores, contra 45% do ex-governador de Massachusetts.

Leia mais:

Vazamento de vídeo atinge a campanha deo republicano Mitt Romney

Obama diz que Romney ‘apagou’ parte dos Estados Unidos em vídeo

Assim como na pesquisa da CNN, divulgada na última sexta, Obama conseguiu neutralizar a vantagem de Romney no campo econômico. Porém, enquanto naquele levantamento o democrata superava o rival por 49% a 46% como o mais capacitado para dirigir a economia, na enquete da NBC prevalece o empate: 43% para cada um. Em relação ao emprego, 50% das pessoas ouvidas apoiam as políticas de Obama, maior porcentual desde março, apesar do índice de desemprego acima de 8% no país.

Notório colecionador de gafes e declarações infelizes desde o início da campanha, Romney é apontado por apenas 36% dos eleitores como o mais preparado para realizar o trabalho de um presidente – uma desvantagem de onze pontos para Obama, considerado o mais apto por 47%.

Queda na política externa – Em uma das poucas más notícias para o atual presidente, Obama viu cair o índice de aprovação de sua atuação na política externa de 54% para 49% em apenas um mês. Realizada entre os dias 12 e 16 de setembro, a pesquisa coincidiu com a morte do diplomata americano Christopher Stevens na Líbia e a onda de protestos antiamericanos no mundo islâmico.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade