Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Obama chega a Londres, em 2ª parada de tour pela Europa

Conversas sobre situação no Oriente Médio e ‘primavera árabe’ estão na agenda

Por Da Redação 23 Maio 2011, 21h54

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou nesta segunda-feira a Londres, um dia antes do programado devido às cinzas vulcânicas que ameaçam os voos na região. Ele iniciou na Irlanda a sua viagem de seis dias pela Europa. Conversas sobre a situação no Oriente Médio e a “primavera árabe” estão em sua agenda.

Em Dublin, Obama declarou solidariedade entre os Estados Unidos e a Irlanda – que enfrenta uma grave crise econômica – com um gole simbólico de cerveja e um discurso inflamado. Ao iniciar sua visita a quatro nações europeias com a exaltação de suas raízes irlandesas, o presidente dos EUA atraiu multidões. Homens e mulheres lotaram as ruas para acompanhar o discurso em Dublin e a visita ao pequeno vilarejo de Moneygall, onde os ancestrais de Obama viveram antes de se mudarem para os EUA.

Contexto – Para a Irlanda, a chegada de Obama e a visita da rainha Elizabeth, da Inglaterra, na semana passada, são bem-vindas já que desviam a atenção global voltada aos problemas financeiros do país. O desempenho ruim da economia irlandesa levou a uma crise nas dívidas públicas e a drásticos cortes nos gastos governamentais.

Além de levantar a autoestima dos irlandeses, a visita também rendeu imagens fortes para impulsionar a reeleição de Obama em 2012. Ele repetiu a sua frase mais conhecida da campanha de 2008, “Yes we can” (Sim, nós podemos) em gaélico.

“Este pequeno país inspira as maiores coisas. Os seus melhores dias ainda virão”, disse Obama. “Irlanda, se alguém disser o contrário, lembre-se que, independentemente das dificuldades que o inverno traz, a primavera vai estar sempre próxima. Se eles continuarem insistindo, apenas responda com uma crença simples: ‘Is feidir linn’, Yes we can.”

No pub O’Neill em Dublin, clientes ficaram empolgados e gritaram “EUA, EUA” enquanto o presidente descia do palco depois do discurso. “Eu acho que isso vai aumentar o moral do país, é o tipo de coisa que precisamos desesperadamente”, disse Jennifer Kearney, uma mãe que levou as duas filhas ao centro de Dublin para acompanhar o evento.

Programação – Depois da Irlanda e da Inglaterra, Obama irá à França e à Polônia. Na sua agenda, estão debates sobre problemas no Afeganistão e Paquistão depois da morte de Osama bin Laden, economia mundial, o processo de paz entre israelenses e palestinos, a operação na Líbia e os levantes da “primavera árabe”.

(Com agências Reuters e France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade