Clique e assine com até 92% de desconto

Obama autorizou operações secretas na Síria, segundo ‘CNN’

Por Da Redação 1 ago 2012, 22h51

Washington, 1 ago (EFE).- O presidente americano, Barack Obama, assinou há meses uma ordem que autoriza operações secretas da CIA e de outras agências para apoiar os rebeldes sírios em sua luta contra o regime de Bashar al Assad, informou nesta quarta-feira a ‘CNN’.

Fontes consultadas pelo canal informaram que o líder assinou instruções parecidas as que autorizaram operações clandestinas durante o conflito na Líbia.

No entanto, não foi revelado exatamente quando Obama autorizou as ações nem de que tipo de operações se tratam. Este tipo de ordem permite à CIA realizar ações em outros países, embora não signifique ajuda armamentista às forças rebeldes.

Até o momento, a Casa Branca afirmou que fornecerá apenas ajuda humanitária aos movimentos de oposição sírios.

Assad voltou a se referir aos inimigos da Síria no exterior e disse que a comunidade internacional conspira contra seu país. Além disso, pediu que agentes nos exterior atuem contra os países contrários ao seu regime.

O porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, disse hoje que o discurso de Assad foi feito de um lugar não revelado, o que demonstra ‘que ele é um covarde’.

‘Assad se mantém fora de vista, enquanto encoraja o exército sírio a continuar assassinando civis em seu nome’, questionou Carney. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade