Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Obama aparece só um ponto à frente de Romney

Presidente tem 47% das intenções de voto, contra 46% do rival republicano

O presidente Barack Obama aparece com somente um ponto de vantagem para o republicano Mitt Romney na pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nesta terça-feira. Obama tem 47% das intenções de voto, contra 46% de Romney. A pequena vantagem, contudo, é anulada pela margem de erro do levantamento, de 3,5 pontos percentuais. As eleições presidenciais nos Estados Unidos serão realizadas no próximo dia 6.

A pesquisa diária tem como base dados on-line de quatro dias. Sendo assim, o levantamento divulgado nesta terça inclui algumas respostas dadas após o último debate dos três debates entre os dois candidatos, realizado na noite desta segunda. No entanto, ainda não é possível verificar o impacto do debate na opinião dos eleitores.

Cerca de 20% dos 1.030 prováveis eleitores (aqueles que têm a intenção de votar) que fizeram parte do levantamento estão indecisos ou disseram que ainda podem mudar de candidato até a votação.

Saiba mais: Pesquisas indicam Obama como vencedor do último debate

Estados-chave – Obama registrou uma vantagem maior nos estados com disputa mais apertada, e que, por isso, podem decidir o resultado da eleição. É o caso da Flórida, Virginia e Ohio, e deve vencer a eleição no colégio eleitoral com uma margem confortável de 332 a 206 delegados.

Leia também: Em último debate, candidatos tentam conquistar indecisos

O presidente dos EUA não é eleito diretamente pelo voto popular, mas por um colégio eleitoral. O organismo tem 538 votos, divididos entre os estados tendo como base sua população e seu número de deputados federais. Na maior parte dos 50 estados, a preferência por republicanos ou democratas é clara. Mas em onze deles – os chamados estados “indecisos” – existe um equilíbrio histórico, que costuma decidir a disputa eleitoral.

Histórico – A pesquisa vem mostrando uma disputa acirrada entre os candidatos desde o primeiro debate, em 3 de outubro, quando Romney foi declarado por especialistas como vencedor do confronto, diante da passividade apresentada por Obama. O democrata, no entanto, conseguiu melhorar seu desempenho nos dois encontros seguintes.

(Com Agência Reuters)