Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O misterioso desaparecimento da maior estrela do cinema chinês

Fan Bingbing, que atuou na franquia X-Men, não é vista em público desde junho e pode ser mais uma vítima de perseguição pela ditadura comunista de seu país

O desaparecimento da mais popular e bem-sucedida estrela da China intriga o mundo do cinema. Desde junho, informou neste domingo reportagem da rede CNN, não se sabe o paradeiro da bela Fan Bingbing. A atriz é conhecida por seus trabalhos em sucessos de bilheteria tanto de produção chinesa quanto feitos em Hollywood, incluindo a multimilionária franquia X-Men. Nas metrópoles da China, seu rosto estampava milhares de propagandas, de produtos e serviços locais até grandes marcas de luxo globais, como Cartier e Louis Vuitton. Não saía da TV e brilhava em toda sorte de cerimônia ligada ao showbiz e à moda. Para se ter ideia do tamanho e alcance do mistério, é como se Jennifer Lawrence sumisse por completo logo após brilhar na noite do Oscar. Mas diversos indícios apontam que seu desaparecimento não tem nada de incomum, na verdade, no meio artístico de seu país: Fan Bingbing seria a mais nova vítima de perseguição pela ditadura comunista da China.

O sumiço veio na esteira de uma série de acusações, por parte das autoridades chinesas, de que Fan estaria entre artistas que incorreram no crime de evasão de impostos – não por coincidência, mesma acusação de que foi vítima, alguns anos atrás, o artista plástico e opositor ferrenho do regime comunista Ai Weiwei. Fan Bingbing não é vista em público desde o começo de junho, quando publicou numa rede social que tinha visitado um hospital infantil no Tibete – região cujas ambições separatistas são reprimidas com mão forte pelo governo chinês.

Em matéria publicada pelo veículo estatal Securities Daily em 6 de setembro, e mais tarde retirada do ar, informava-se que Fan havia sido colocada “sob controle e prestes a enfrentar julgamento legal.” Desde então, não se revela o local em que a atriz se encontra, nem detalhes do processo contra ela. Num país em que celebridades são forçadas a uma postura dócil e inofensiva para manter-se nas graças do regime comunista, ninguém duvida que ela sumiu porque desagradou ao regime. E pode sofrer destino parecido com o de Weiwei, que em 2011 passou três meses desaparecido, sob prisão domiciliar, até ser forçado a assinar uma confissão de que teria sonegado impostos.