Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

NY recebe 2013 com grande festa na Times Square

A famosa bola luminosa desceu por um poste e, como manda a tradição, anunciou o ano novo diante de mais de um milhão de pessoas

Por Da Redação 1 jan 2013, 02h59

Mais de um milhão de pessoas receberam 2013 em grande estilo na Times Square, em Nova York, onde nem o frio nem as fortes medidas de segurança foram um obstáculo para a festa. A famosa bola luminosa desceu, como manda a tradição, pelo poste situado no alto do edifício número 1 da Times Square quando o prefeito, Michael Bloomberg, acionou o dispositivo acompanhado das Rockettes, as dançarinas do Radio City Music Hall.

Galeria de imagens: A chegada de 2013 em São Paulo, Rio e pelo mundo

Enquanto isso, os presentes faziam a contagem regressiva para a chegada de 2013, que foi recebido com uma chuva de confetes e com as canções Auld Lang Syne e, é claro, New York, New York. Como acompanhamento, o Empire State Building, o arranha-céu que simboliza a cidade, foi iluminado com cores natalinas.

A celebração, uma das mais famosas em todo o mundo, contou com apresentações de vários artistas, entre elas a cantora americana Taylor Swift e o sul-coreano Psy. Para “compensar” o suposto mau agouro proveniente do número 13, a bola da Times Square, com mais de cinco toneladas, desceu por um poste de 40 metros de altura enfeitada com 13 multiculturais amuletos de boa sorte.

A festa envolveu um grande esquema de segurança, que contou com detectores de explosivos e radioatividade em cada uma das 16 entradas da Times Square, onde não se pôde entrar com mochilas ou bebidas alcoólicas.

Mais de 500 câmeras e vários helicópteros controlaram a zona da praça e, além disso, estavam a postos grupos especiais da polícia antiterrorismo prontos para enfrentar eventuais ataques biológicos ou químicos.

Garota observa bola luminosa descer por poste a anunicar a chegada de 2013 em Nova York
Garota observa bola luminosa descer por poste a anunicar a chegada de 2013 em Nova York VEJA

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade