Clique e assine a partir de 9,90/mês

Número de refugiados sírios ultrapassa projeção da ONU

Apenas na última semana, 30.000 pessoas fugiram do país em direção a nações vizinhas. Nas últimas 24 horas, mais de 50 corpos foram localizados no país

Por Da Redação - 24 ago 2012, 13h24

Mais de 200.000 sírios fugiram para países vizinhos desde o começo do conflito político na Síria, em março de 2011. A cifra supera uma projeção feita pela Organização das Nações Unidas (ONU) que apontava que aproximadamente 185.000 pessoas deixariam o país até o final deste ano.

Entenda o caso

  1. • Na onda da Primavera Árabe, que teve início na Tunísia, sírios saíram às ruas em 15 de março de 2011 para protestar contra o regime de Bashar Assad.
  2. • Desde então, os rebeldes sofrem violenta repressão pelas forças de segurança, que já mataram milhares de pessoas no país.
  3. • A ONU alerta que a situação humanitária é crítica e investiga denúncias de crimes contra a humanidade por parte do regime.

Leia mais no Tema ‘Guerra Civil na Síria’

“Nós estamos agora em um nível muito mais alto, com 202.512 refugiados nas regiões próximas”, informou o chefe do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur), Adrian Edward, nesta sexta-feira durante uma coletiva de imprensa em Genebra.

Continua após a publicidade

Apenas na última semana, 30.000 pessoas fugiram do país em direção a nações vizinhas. “Na Jordânia, um recorde de 2.200 pessoas atravessaram a fronteira durante a (última) noite”, disse Edwards. Ele ainda informou que 51.000 refugiados sírios foram registrados no Líbano.

O Diretório de Gerenciamento de Desastres e Emergências da Turquia divulgou nesta sexta-feira que outros 3.500 sírios entraram no país durante as últimas 24 horas. Esse foi um dos maiores fluxos diários de refugiados desde o início do levante contra Bashar Al-Assad. A Acnur acredita que 1.200.000 pessoas se deslocaram dentro do país em razão dos confrontos e que 2.500.000 sírios necessitam de ajuda humanitária.

Saiba mais:

Número de refugiados sírios triplica e chega a 112 mil

Continua após a publicidade

Rebeldes sírios afirmam que encontraram 40 corpos em porão

Publicidade