Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Número de mortos por violento tornado sobe para 89

Na Europa, Barack Obama manifesta condolências às famílias das vítimas

Por Da Redação 23 Maio 2011, 09h09

Chega a 89 o número de mortos em decorrência do violento tornado que varreu a cidade de Joplin, no estado americano do Missouri, informou nesta segunda-feira o prefeito, Mark Rohr. O tornado passou por Joplin, perto da fronteira com Oklahoma e Kansas, na noite de domingo, menos de um mês depois da onda de tornados que deixou mais de 350 mortos em sete estados americanos.

A cidade “virou uma zona de guerra”, contou à agência de notícias France-Presse Scott Meeker, do jornal Joplin Globe. “Há centenas de feridos sendo atendidos no hospital Memorial Hall, que logo ficou lotado e sem material, então abriram uma escola local para funcionar como centro de triagem”, detalhou o jornalista.

“Eu diria que 75% da cidade está praticamente desapareceu”, declarou Kathy Dennis, da Cruz Vermelha, logo após a tragédia que atingiu a cidade de 50.000 habitantes. No entanto, o diretor de Emergências, Keith Stammer, reduz a abrangência da destruição para 10% a 20% do território do município.

Os sobreviventes procuram por amigos, vizinhos e parentes em meio aos escombros. A tempestade derrubou construções e lançou carros a quilômetros de distância, seguindo rumo a alguns estados do oeste dos Estados Unidos, como Wisconsin, Minnesota e Missouri.

Condolências – Enquanto o número de mortos não para de subir, o presidente Barack Obama, que iniciou nesta segunda uma viagem de seis dias à Europa, manifestou suas “profundas condolências” às famílias das vítimas. Segundo a Casa Branca, ele recebeu várias informações sobre o desastre a bordo do avião Air Force One, que o levava a Dublin, capital da Irlanda.

O presidente deu instruções a seus funcionários para que se mantenham em contato com as autoridades locais para apoiar as tarefas de assistência e reconstrução. O governador do Missouri, Jay Nixon, declarou na noite de domingo estado de emergência na região e ordenou a mobilização da Guarda Nacional e das equipes de atendimento médico para ajudar no resgate das vítimas.

Em Minneapolis (Minnesota), os tornados provocaram o fechamento de estradas e rodovias e destruíram diversas casas. A polícia informou que ao menos uma pessoa morreu e 22 ficaram feridas na cidade.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade