Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de mortos por ciclone sobe para 23 na Índia

O ciclone Hudhud deixou um rastro de destruição no leste do país. As equipes de resgate calculam que 400.000 pessoas tiveram de deixar suas casas

As autoridades indianas elevaram para 23 o número de mortes provocadas pela passagem do ciclone Hudhud pela costa leste do país. Fontes oficiais disseram nesta terça-feira que os corpos foram encontrados em Andra Padesh, o Estado mais afetado. As equipes de resgate ainda buscam por vítimas e também trabalham na orientação aos desabrigados.

Calcula-se que aproximadamente 400.000 pessoas tiveram de abandonar as suas casas nas regiões norte de Andra Pradesh e no sul do Estado vizinho de Orissa. Segundo a imprensa local, apenas 158.000 foram deslocadas para abrigos até o momento.

Os Estados de Chattisgarh e Madhya Pradesh, no centro da Índia, estão em alerta por fortes precipitações. Segundo os serviços meteorológicos, as chuvas persistirão durante 36 horas em regiões localizadas mais ao norte do país, como Uttar Pradesh, Jharkhand e Bihar.

Há exatamente um ano a passagem do ciclone Phailin por Orissa e Andhra Pradesh causou a morte de 53 pessoas. As fortes chuvas decorrentes do fenômeno provocaram inundações e forçaram a evacuação de milhares de pessoas. O temor das autoridades é que a força dos ventos provoque um desastre semelhante ao ocorrido em 1999, quando um ciclone similar causou a morte de 10.000 pessoas em Orissa.

(Com agência EFE)