Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Número de mortos em atentados no Paquistão sobe para 27

Por Banaras Khan 8 set 2011, 08h58

O número de mortos nos dois atentados suicidas de quarta-feira contra um general, executado pelos talibãs em Quetta (sudoeste do Paquistão), em represália pela recente detenção de um líder da Al-Qaeda, subiu para 27 mortos.

“Três pessoas hospitalizadas morreram durante a noite em consequência dos ferimentos”, declarou à AFP Hamid Shakil, o policial que na véspera divulgou o número de 24 mortos, incluindo a esposa do general.

Na manhã de quarta-feira, a explosão de um carro-bomba abriu um buraco no muro da residência do general de brigada Farrukh Shahzad, subcomandante da Guarda de Fronteira (Frontier Corps, FC), uma unidade paramilitar vinculada ao Exército.

Depois um homem-bomba lançou duas granadas e detonou os explosivos presos ao corpo dentro da casas.

A Guarda de Fronteira participou há 10 dias na detenção de Yunis al-Mauritani, principal comandante de “operações externas da Al-Qaeda”.

Continua após a publicidade
Publicidade