Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Número de desabrigados por enchentes na Malásia sobe para 160.921

Ao menos dez pessoas já teriam morrido nas inundações que afetam o país

Por Da Redação 28 dez 2014, 10h41

As enchentes na Malásia já deixaram 160.921 pessoas desabrigadas. Segundo informações da imprensa local, muitas delas estão há mais de dez dias vivendo em abrigos do governo. A agência nacional de desastres do país informou neste domingo que ao menos dez pessoas morreram em decorrência das inundações.

No sábado, o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, visitou o Estado de Kelantan e pediu às agências envolvidas na assistência e resgate que agilizassem as operações. Razak determinou a liberação de recursos do governo para as áreas afetadas.

As inundações começaram há cerca de duas semanas e já invadiram estradas e alagaram grandes extensões de terra. A falta de terreno para pouso de helicópteros estaria dificultando o resgate de vítimas.

De acordo com o jornal malaio The Star, os Estados mais afetados pelas inundações são Kelantan, com 81.925 desabrigados, Pahang (35.564), Terengganu (35.246), Perak (6.730), Johor (1.096), Perlis (195), Selangor (85) e Negri Sembilan (80).

Meteorologistas acreditam que as enchentes vão atingir áreas outras áreas, na medida em que as chuvas se movimentam para as região sul do país. As chuvas já prejudicam a produção de óleo de palma, um dos principais produtos da economia da Malásia.

A Tailândia, que também vem sendo afetada pelas chuvas, declarou situação de desastre depois das enchentes no país terem matado pelo menos 13 pessoas em províncias do sul, algumas das quais fazem fronteira com a Malásia.

(Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade