Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Novo partido de esquerda ganha eleições na Eslovênia

Por Da Redação 4 dez 2011, 20h39

Zagreb, 4 dez (EFE).- A surpreendente vitória do novo Partido ‘Eslovênia Positiva’ (LZJ-PS) nas eleições parlamentares antecipadas da Eslovênia significa um terremoto político na pequena república ex-iugoslava da Eslovênia, onde se esperava o retorno ao poder do conservador ex-primeiro-ministro Janez Jansa.

A vitória da lista do popular prefeito esquerdista de Liubliana, Zoran Jankovic, significa que a formação de uma nova coalizão de Governo será muito complicada.

Após a apuração de 90% dos votos, a Comissão Eleitoral Estatal confirmou a vitória do LZJ-PS, com 29,37% dos votos.

O conservador Partido Democrata Esloveno (SDS), do grande favorito Jansa, conseguiu 26,07%.

De acordo com esses resultados, o LZJ-PS terá 28 dos 90 deputados no Parlamento esloveno, frente aos 26 de seu principal rival, o SDS.

Os Social-Democratas (SD), do primeiro-ministro interino, Borut Pahor, ficaram com 10,53% dos votos e dez cadeiras, seguidos da conservadora lista cívica do ex-ministro Gregor Virant (LGV), que obteve 8,39% dos votos e oito deputados.

A Eslovênia, que entrou na zona do euro em 2007 e até há pouco era considerada como exemplar em seu desempenho econômico, está muito afetada pela atual crise de confiança na região, com o rendimento de seus bônus a dez anos com juros superior a 7%, considerado como um valor crítico. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade