Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Novo papa pede oração a fiéis e lembra origem argentina

O argentino Jorge Mario Bergoglio adotou o nome de Francisco e disse que seus cardeias foram buscar o novo papa "no fim do mundo"

Por Da Redação 13 mar 2013, 17h44

Em seu primeiro pronunciamento como papa Francisco, o argentino Jorge Mario Bergoglio pediu aos fiéis que orem a Deus para que lhe abençoe e lembrou o antecessor, Bento XVI. Também destacou que o caminho que a Igreja deve seguir é o da fraternidade e do amor.

Ele pediu orações a “todos os homens e mulheres de boa vontade” para ajudá-lo a liderar a Igreja Católica. “Eu pediria para orarem a Deus para que ele me abençoe”, disse o novo pontífice à multidão que o aguardava na Praça de São Pedro.

“Começamos este caminho da Igreja Católica Apostólica Romana, bispo e povo, juntos, em irmandade, amor e confiança recíproca. Rezemos uns pelos outros, por todo o mundo, para que haja uma grande irmandade. Este caminho deve dar frutos para a nova evangelização”, ressaltou.

No início de seu pronunciamento, Francisco lembrou sua origem argentina: “Sabeis que o dever de um conclave é dar um bispo a Roma e parece que meus irmãos cardeais foram buscá-lo no fim do mundo, mas já estamos aqui”.

Ao mencionar Joseph Ratzinger, pediu que todos orassem por ele “para que o Senhor o abençoe”. Segundo fontes do Vaticano, o agora papa emérito acompanhou o anúncio e a apresentação do novo papa pela televisão.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade