Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Novo índice mede impacto de investigação sobre Rússia no mercado

Software de análise de risco exibe influência do caso no mercado dos EUA; previsão é de queda de ações e valorização do dólar

Por Da redação
Atualizado em 1 mar 2018, 22h27 - Publicado em 1 mar 2018, 21h51

Um novo estudo de risco político divulgado na última segunda-feira apontou que a investigação sobre a interferência russa nas eleições presidenciais de 2016 e o risco de um impeachment do presidente Donald Trump devem afetar cada vez mais o mercado americano, que não reage bem ao caso.

O “Mueller Risk Index” (Índice de Risco Mueller), em referência ao procurador especial Robert Mueller, que investiga o caso, foi publicado nesta semana pela startup de Nova York GeoQuant usando uma nova tecnologia, que identifica, monitora e precifica em tempo real os riscos políticos.

O estudo sugere que “o aumento do risco associado à investigação de Mueller (e o aumento do risco de um impeachment) pode prejudicar as ações, mas beneficiar o dólar”.

Continua após a publicidade

Diferente de outras plataformas utilizadas pelo mercado financeiro, a tecnologia da GeoQuant calcula a forma como o risco político pode afetar as ações ou títulos do mercado. O software também precifica o risco político, para ajudar investidores e empresários a medir a confiabilidade de seus negócios.

Unindo ciência política e computação, a plataforma busca na internet todo tipo de métrica relacionada aos acontecimentos políticos nacionais, tais como pesquisas de opinião, documentos judiciários, notícias e conteúdo de redes sociais. O programa então usa os dados para alimentar algoritmos que geram pontuações de risco político diárias.

O estudo, feito com base no software, mostra que a pontuação de risco político gerada pela investigação tem subido nos últimos meses, em meio a denúncias contra ex-assessores de campanha de Trump e acusações formais de interferência contra cidadãos russos.

Continua após a publicidade

Mais especificamente, depois de nove revelações e eventos chaves nos últimos meses, o índice Standard & Poor’s 500 caiu cerca de 11% ao longo de dois dias, enquanto o dólar subiu em média 13%. 

Mark Rosenberg, diretor da GeoQuant, acredita que o impacto deve ser ainda maior durante o mês de março, à medida em que novas acusações forem feitas e outras descobertas reveladas. O analista afirma ainda que alguns índices de mercado apresentaram ligeira queda, enquanto o dólar tem se valorizado ao longo do último ano.

As eleições legislativas de novembro também devem ter grande influência sobre o índice, principalmente se o Partido Republicano perder seu atual controle sobre o Congresso – o que muitos analistas já consideram provável.

Continua após a publicidade

Segundo a administração da GeoQuant, o software que mede o risco político teve uma taxa de sucesso de 78% na previsão de eventos políticos no ano passado em todos os 30 países que analisa.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.