Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Novo chefe de gabinete já chamou Trump de “ser humano terrível”

Durante evento, o agora chefe de gabinete interino afirmou que não era a favor do magnata. "Gosto de Donald Trump? Não"

Mick Mulvaney, que será o novo chefe de gabinete do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, chamou o agora líder de “um ser humano terrível” durante uma conversa em 2016, informaram neste domingo veículos de imprensa locais.

Mulvaney, que substituirá John Kelly neste posto e que até agora era diretor do Escritório de Orçamento de Trump, expressou estas palavras durante um debate que aconteceu a uma semana do pleito de 2016, de acordo com veículos de imprensa americanos.

“Sim, apoio Donald Trump, mas vou fazer isso apesar de pensar que ele é um ser humano terrível”, disse Mulvaney na ocasião.

Durante aquele evento, o agora chefe de gabinete interino afirmou que não era a favor do magnata. “Gosto de Donald Trump? Não”, disse Mulvaney, que não é o único membro do gabinete de Trump que desqualificou o líder.

Previamente, o ex-secretário de Estado Rex Tillerson supostamente chamou o líder de “idiota”, algo que ele negou, mas que fez com que Trump o desafiasse a comparar coeficientes intelectuais.

Segundo o último livro do jornalista Bob Woodward, John Kelly também o chamou de “idiota” e “desequilibrado”, embora este tenha negado ter pronunciado este comentário.

Mulvaney substituirá a partir de 1 de janeiro de 2019 Kelly, que estava no cargo desde julho de 2017.