Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Novas sanções dos EUA contra setor financeiro do Irã

Barack Obama assinou um decreto reforçando novamente as sanções contra o Irã por seu programa nuclear, em particular bloqueando “qualquer bem ou participação em ativos do governo iraniano” nos Estados Unidos, anunciou nesta segunda-feira a Casa Branca.

Este decreto atinge principalmente o setor financeiro iraniano, incluindo o banco central e “toda instituição financeira” no país, e promove a entrada em vigor de sanções já previstas na lei de financiamento do Pentágono que Obama havia promulgado em 31 de dezembro.

“Estas medidas destacam a determinação da administração (Obama) para que o regime iraniano responda por seu fracasso na hora de respeitar suas obrigações internacionais”, disse o departamento do Tesouro dos Estados Unidos.

“O Irã deve, a partir de agora, enfrentar um nível sem precedentes de pressões devido às sanções cada vez mais fortes aplicadas pelos Estados Unidos e por outros países”, segundo a fonte.

“O novo decreto publicado hoje insiste novamente sobre a mensagem enviada por esta administração ao governo iraniano: deverá enfrentar uma pressão econômica e diplomática cada vez mais forte até que responda às inquietações justificadas em relação à natureza de seu programa nuclear”, acrescentou o Tesouro.