Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nova York lança aplicativo para ajudar no combate ao terrorismo

Ferramenta de smartphone permite que cidadãos enviem às autoridades imagens e mensagens de texto caso vejam algo suspeito

Por Da Redação 24 nov 2015, 09h37

O governo de Nova York, nos Estados Unidos, está encorajando a população a utilizar um novo aplicativo de smartphone para informar às autoridades atividades que consideram suspeitas, o que pode ajudar no combate ao terrorismo no país.

O aplicativo permite que o cidadão envie imagens e mensagens de texto ao Centro de Inteligência do Estado de Nova York, onde a informação será revisada e, caso seja relevante, repassada às autoridades pertinentes, segundo explicou Andrew Cuomo, governador de Nova York, em comunicado. De acordo com Cuomo, as pessoas devem utilizar a ferramenta caso vejam algo concreto, como uma mochila abandonada em um lugar público, por exemplo, e não por alguma “convicção, pensamento ou ideia”.

Leia também:

Em novo vídeo, EI ameaça atacara a Casa Branca, Roma e Paris

EUA e aliados lançam 42 ataques contra Estado Islâmico no Iraque e na Síria

Continua após a publicidade

Câmara dos EUA ignora ameaça de veto e aprova lei que dificulta entrada de refugiados

Esse serviço, que já funcionava nos estados de Colorado, Louisiana, Ohio, Pensilvânia e Virgínia, será anunciado em cartazes espalhados pela cidade como parte da campanha See Something, Send Something (ou Veja Algo, Envie Algo, em tradução livre). O objetivo da ação, segundo o governador, é que o cidadão “se transforme em uma peça essencial na luta contra o terrorismo”.

As autoridades lembram, porém, que o aplicativo não substitui o número de urgências 911 e “não deve ser usado por alguém que necessite da ajuda imediata da polícia ou em caso de emergência”. “A ferramenta funciona como qualquer linha telefônica de alertas contra o terrorismo, mas agora temos tudo através de um dispositivo na mão: se vir algo que possa ter relação com um ato terrorista, informe. Isso pode prevenir uma tragédia”, diz o comunicado.

Combate ao terror – Nesta segunda-feira, a Casa Branca emitiu um alerta mundial de viagem para os cidadãos americanos devido ao risco de terrorismo. De acordo com o governo dos Estados Unidos, informações sugerem que grupos terroristas como o Estado Islâmico (EI) e o Boko Haram seguem planejando atentados ao redor do mundo. As autoridades do país recomendam que os cidadãos tenham cautela quando estiverem em lugares públicos ou muito cheios, especialmente nas férias de final de ano.

Na última semana, o EI divulgou um vídeo com imagens da cidade de Nova York e mencionando especificamente a Times Square. O objetivo da gravação era mostrar um dispositivo explosivo sendo fabricado e transformado em um colete de balas. Diante da gravação, a prefeitura afirmou não existir “nenhuma ameaça crível e específica” contra Nova York e encorajou os moradores a manterem as suas rotinas.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade