Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nova variante do coronavírus está fora de controle, diz governo britânico

Países europeus cogitam interromper viagens ao Reino Unido para impedir a disseminação do vírus por seus territórios

Por Redação Atualizado em 20 dez 2020, 15h16 - Publicado em 20 dez 2020, 10h02

O secretário da Saúde do Reino Unido, Matt Hancock, disse em entrevista à rede britânica BBC que a nova variante do coronavírus descoberta no país está “fora de controle”. Ele afirmou neste domingo, 20, que as pessoas precisam tomar consciência sobre a gravidade da doença e cumprir os novos protocolos estabelecidos pelo governo para impedir a disseminação da doença. “Precisamos controlar a situação”, declarou o secretário.

Hancock afirmou que não sabe por quanto tempo o endurecimento da quarentena ficará em vigor no país. “Será mantido por um tempo até termos a campanha de vacinação acontecendo pelo país”, declarou. O secretário, no entanto, descartou a implementação de um lockdown em nível nacional.

Diante das informações das autoridades britânicas, governos de países europeus estão cogitando interromper as viagens ao Reino Unido para impedir que a nova variante do coronavírus se espalhe pelo continente. Holanda, Itália e Bélgica foram os primeiros países a anunciar restrições que valerão a partir deste domingo para voos e trens com passageiros britânicos.

Ao longo do dia, Alemanha e Israel decidiram vetar os viajantes vindos do Reino Unido e da África do Sul, outro país onde a variação do vírus foi identificada. A França também deverá anunciar o veto à chegada de aviões e trens do Reino Unido.

No sábado, 19, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse que “a nova variante pode ser até 70% mais transmissível”. O premiê, no entanto, ressaltou que não há indicação de que as vacinas para Covid-19 sejam menos eficazes contra a mutação do coronavírus. O país deu início à campanha de vacinação no último dia 8.

Continua após a publicidade
Publicidade