Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Norte da Itália registra oito terremotos na madrugada

Pior tremor na região de Emilia Romagna atingiu 4,3 graus na escala Richter

Por Da Redação 12 jun 2012, 04h28

Oito novos tremores de terra, o mais intenso com 4,3 graus na escala Richter, foram registrados durante a madrugada desta terça-feira na região de Emilia Romagna, no norte da Itália, onde 26 pessoas morreram após os grandes terremotos de 20 e 29 de maio. Os terremotos foram registrados pelo Instituto de Geofísica da Itália.

Para os habitantes das províncias de Mantova, Reggio Emilia e Modena, as mais afetadas pelos movimentos telúricos das últimas semanas, a noite voltou a ser de medo após dias de tranquilidade. O tremor de 4,3 graus aconteceu às 3h48 locais (22h38 em Brasília), a dez quilômetros de profundidade, mas não provocou danos pessoais nem materiais, segundo a defesa civil italiana.

Apesar disso, foram sentidos em cidades como Florença e Veneza. Os demais sismos oscilaram entre 2,1 e 2,8 graus na escala Richter.

Depois dos terremotos que atingiram Emilia Romagna em maio, 16.085 pessoas ainda seguem dormindo fora de suas casas, em 45 acampamentos e 64 instalações como hotéis, ginásios, escolas, quartéis e vagões de trem, que foram postos à disposição dos desabrigados pelo governo.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade