Clique e assine a partir de 8,90/mês

Netanyahu: Israel terá cerca nas fronteiras para se proteger de “feras selvagens”

Por Da Redação - 10 fev 2016, 10h12

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou que pretende construir uma cerca em torno de Israel para evitar a entrada de palestinos e cidadãos de países árabes vizinhos. “Em nossa vizinhança, temos de nos proteger de feras selvagens”, disse Netanyahu na terça-feira, durante uma viagem ao sul de Israel – o comentário também pode ser traduzido como “temos de nos proteger de predadores”, reportou o jornal britânico The Guardian.

O primeiro-ministro israelense afirmou que a barreira também teria como objetivo resolver o problema dos túneis de infiltração na Faixa de Gaza. Nesta terça, o braço armado do Hamas anunciou a morte de um de seus membros na queda de um túnel, o último de uma série de incidentes nessas galerias subterrâneas que o movimento islamita diz estar multiplicando – nas últimas duas semanas, foram registradas quatro quedas de túneis diferentes.

Leia também:

Israel divulga carta inédita do nazista Eichmann com pedido de clemência

Premiê israelense acusa secretário-geral da ONU de “encorajar o terrorismo”

A construção da cerca não recebe o apoio de todos os membros do atual governo. O ministro da Educação, Naftali Bennett, criticou o projeto. “O primeiro-ministro falou hoje sobre como as cercas são necessárias. Nós estamos nos cercando com barreiras. Na Austrália e em Nova Jersey, não há necessidade disso”, comentou o ministro.

Além de “cercar todo o Estado de Israel com uma barreira”, Netanyahu disse ainda que o governo examina formas de vedar os buracos existentes no muro da Cisjordânia, construído pelo governo do ex-primeiro-ministro Ariel Sharon.

O anúncio desta terça-feira foi feito durante a visita de Netanyahu à barreira de quase 30 quilômetros que está sendo erguida no sul de Israel, da cidade de Eilat ao local onde haverá um aeroporto internacional, ainda em construção.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade