Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Netanyahu descarta diálogo com Hamas no governo palestino

Por Uriel Sinai 25 dez 2011, 20h02

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou neste domingo que não negociará com a Autoridade Palestina se este governo incluir representantes do Hamas.

Em entrevista à rádio estatal de Israel, Netanyahu declarou que “se o Hamas entrar no governo palestino bloqueará as negociações de paz com a Autoridade Palestina”.

Segundo a rádio, o primeiro-ministro fez tais declarações durante a conferência anual dos diplomatas israelenses em Jerusalém.

Netanyahu acrescentou que “os progressos nas negociações de paz (com os palestinos) deverão levar em conta as necessidades de segurança de Israel, que se tornam mais importantes diante da situação regional”.

O premier de Israel garantiu que “não tolerará que a situação reinante no Líbano e na Faixa de Gaza seja reproduzida nos territórios controlados pela Autoridade Palestina”, do presidente Mahmud Abbas.

Segundo a rádio, Netanyahu espera que os palestinos reconheçam Israel como “o Estado nação do povo hebreu”, mas destacou “que isto não é uma condição prévia às negociações de paz”, bloqueadas desde a ofensiva israelense contra Gaza, no inverno de 2008/09.

Continua após a publicidade
Publicidade