Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Netanyahu afirma que não fixará limite a ação militar contra o Irã

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse nesta sexta-feira que não fixará “linhas vermelhas” (limites) para uma ação militar contra o Irã, e insistiu que quer preservar a liberdade de manobra de Israel.

“Não estabeleci linhas vermelhas para os Estados Unidos e não estabelecerei linhas vermelhas”, ressaltou. “Quero preservar a liberdade de Israel de manobrar conforme as ameaças, qualquer país exigiria o mesmo”, disse Netanyahu durante uma entrevista coletiva à imprensa ao lado de seu colega canadense, Stephen Harper, no primeiro dia de sua visita ao Canadá.

Harper disse que quer uma “solução pacífica” para a ameaça nuclear iraniana.

Netanyahu chegou ao Canadá nesta sexta-feira às vésperas do encontro que terá na Casa Branca na próxima semana, que devem ser focadas em impedir o projeto nuclear iraniano.

Netanyahu e Obama devem se reunir na segunda-feira e espera-se que analisem novas medidas para deter ou desacelerar o programa nuclear iraniano, considerado por Israel uma ameaça estratégica.

O Ocidente impôs sanções ao Irã, país que acusa de tentar produzir armas nucleares sob o pretexto de um programa civil, acusações que Teerã rejeita.