Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Negociações entre Coreias terminam sem acordo

Seul e Pyongyang devem se reunir novamente na semana que vem

Por Da Redação 10 jul 2013, 12h35

As negociações entre as duas Coreias sobre a reabertura de seu complexo industrial em território norte-coreano terminaram nesta quarta-feira sem um acordo. As duas partes apenas concordaram em se reunir novamente na próxima semana.

As conversas sobre a reabertura do complexo fechado de forma unilateral por Pyongyang em abril prosseguirão no dia 15 de julho, anunciou o chefe da delegação da Coreia do Sul, Suh Ho. As negociações desta quarta-feira duraram quatro horas. “O Norte e o Sul concordaram que o complexo deverá se manter e se desenvolver”, disse Suh sobre o complexo, localizado no interior da Coreia do Norte.

Leia também:

Leia também: Coreias iniciam conversas para reativar complexo industrial

“Concordamos que a suspensão atual de três meses não deverá se repetir inclusive depois da reabertura. O tema será tratado novamente no próximo encontro”, completou. O ministério sul-coreano da Unificação havia anunciado pela manhã a retomada das negociações.

Uma delegação sul-coreana se deslocou à Coreia do Norte para tentar relançar a zona, crucial para a economia norte-coreana e para as empresas sul-coreanas, que perderam centenas de milhares de dólares desde a retirada dos 53 000 funcionários norte-coreanos.

Histórico – Fechado desde abril, quando Pyongyang retirou seus 53.000 trabalhadores do complexo, Kaesong é um dos principais temas pendentes entre as Coreias. O projeto industrial, em que empresas do Sul fabricavam produtos com mão de obra barata do Norte, era um símbolo do entendimento das duas Coreias na década passada e trazia benefícios para as companhias e para o governo do Norte.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade