Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Napolitano diz que se retira da presidência italiana após maio de 2013

O presidente da República da Itália, Giorgio Napolitano, disse neste sábado que sente ‘certo cansaço e o peso da idade’, 87 anos, e por abandonará o cargo depois de maio de 2013, em declarações a um grupo de estudantes da escola Virgilio de Roma.

‘Efetivamente estou cansado e ninguém deve jamais considerar-se insubstituível’, respondeu o 11º Chefe de Estado da Itália a uma pergunta sobre sua intenção de voltar a apresentar-se ao cargo.

Napolitano, que nasceu em 1925 em Nápoles e chegou à presidência em 15 maio de 2006, em substituição de Carlo Azeglio Ciampi, comentou que é uma pessoa ‘que trabalhou muito, teve muitas satisfações e muitas responsabilidades’.

‘É necessário que haja novos candidatos para a presidência, portanto, após maio de 2013, poderemos ver-nos de novo, quando queiram, mas então já serei um cidadão comum’, disse aos jovens em um discurso que será retransmitido nesta tarde pela televisão pública ‘RAI’.

O presidente da República da Itália representa a união nacional, acima das tendências políticas e é eleito pelo Parlamento em sessão comum por um período de sete anos.

De procedência comunista, Napolitano foi o principal artífice da transição do governo de Silvio Berlusconi ao do tecnocrata Mario Monti em novembro de 2011, em momentos em que a solidez dos mercados italianos faziam perigar seriamente a economia da Itália e de toda a zona do euro.

(Com EFE)