Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Naomi Campbell recebeu “diamante enorme” de Charles Taylor, afirma Mia Farrow

Por Da Redação 9 ago 2010, 09h38

A atriz Mia Farrow declarou nesta segunda-feira que, ao contrário do que Naomi Campbell disse à Corte, a modelo recebeu em 1997 um “diamante enorme” que teria sido enviado pelo então presidente da Libéria, Charles Taylor. Em seu depoimento no Tribunal Especial para Serra Leoa (TESL) sobre crimes de guerra, Mia disse ter visto a top junto a um grupo de hóspedes em um café da manhã contando algo que ocorrera durante um jantar na noite anterior, quando teria recebido a pedra.

“Ela disse que tinha sido acordada por homens batendo a sua porta e que lhe disseram ter sido enviados por Charles Taylor. Eles lhe deram um diamante enorme”, declarou a atriz, acrescentando que Naomi parecia estar “bastante empolgada”. Mia Farrow disse, ainda, que a modelo comentou que pretendia dar o diamante ao Fundo Nelson Mandela para Crianças, acrescentando que “foi uma espécie de momento inesquecível”.

Investigação – Ao depor no mesmo tribunal, no último dia 5, Naomi disse ter ganho “pedras que pareciam sujas” depois de um jantar beneficente organizado pelo então presidente sul-africano Nelson Mandela, em 1997. Ela afirmou, porém, que os diamentes eram pequenos e que não sabia se os diamantes eram de Taylor – que está sendo julgado por crimes de guerra e contra a humanidade. A promotoria quer provar que o presidente liberiano, de 62 anos, mentiu ao afirmar que nunca teve em seu poder diamantes em estado bruto que teriam sido entregues pelo rebeldes de Serra Leoa da Frente Revolucionário Unida (RUF).

Taylor, que é julgado no TESL desde janeiro de 2008, é suspeito de ter comandado os rebeldes da RUF em Serra Leoa, fornecendo armas e munições em troca de diamantes, durante a guerra civil do país, de 1991 a 2001, que deixou 120.000 mortos e milhares de mutilados.

(Com agências France-Presse e Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade