Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Na reta final, Obama tem 7 pontos de vantagem

A um dia das eleições presidenciais americanas, o candidato democrata Barack Obama lidera com sete pontos de vantagem sobre o adversário republicano, John McCain, segundo uma pesquisa Reuters/C-SPAN/Zogby divulgada nesta segunda-feira. O levantamento, cuja margem de erro é de 2,9%, apontou uma folga de um ponto porcentual a mais do que a observada no domingo. Entre a quinta-feira e o último sábado, foram entrevistados 1.205 eleitores que provavelmente votarão nessas eleições.

Segundo uma outra série de pesquisas Reuters/Zogby, Obama também está à frente de McCain em seis de oito estados-chave para as eleições americanas. Em Missouri e na Flórida, a liderança é estatisticamente insignificante, de 1 e 2 pontos de vantagem, respectivamente, com uma margem de erro de 4,1%. Mas em Ohio, Virgínia e Nevada, todos estados vencidos pelo republicano George W. Bush em 2004, Obama aparece com vantagens de 6%, 6% e 8%, respectivamente. Por fim, na Pensilvânia, onde McCain esperava conquistar o eleitorado de John Kerry em 2004, Obama também sairia vitorioso.

Para o pesquisador John Zogby, a liderança de Obama é “bem estável”. “Esses são todos estados republicanos, exceto a Pensilvânia”, disse Zogby em entrevista à agência de notícias Reuters. De acordo com um dos levantamentos, Obama tem uma folga de 15% de vantagem entre os eleitores independentes e de 13% entre as mulheres. Entre os homens, a liderança cai para apenas 1%. O democrata também é o candidato preferido por americanos de todas as idades, exceto entre o eleitorado situado na faixa dos 55 aos 69 anos, conquistado por McCain.