Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mursi e Shafiq vão disputar 2º turno das presidenciais egípcias

Cairo, 28 mai (EFE).- O islamita Mohammed Mursi, candidato da Irmandade Muçulmana, e o ex-primeiro-ministro Ahmed Shafiq disputarão o segundo turno das eleições presidenciais egípcias, prevista para ocorrer nos próximos 16 e 17 de junho, informaram as autoridades locais nesta segunda-feira.

Em entrevista coletiva no Cairo, a Comissão Suprema Eleitoral Presidencial anunciou que Mursi ganhou o primeiro turno do pleito realizado nos últimos dias 23 e 24 de maio com 5.764.952 votos (24,4%), enquanto Shafiq, o último primeiro-ministro da era do presidente Hosni Mubarak (1981-2011), ficou em segundo lugar com 5.505.327 (23,3%).

O esquerdista Hamdin Sabahi, a grande surpresa das eleições, obteve 20,4% dos votos e ficou com o terceiro lugar.

Já os candidatos que perfilavam como favoritos, o islamita moderado Abde Moneim Abul Futuh e o ex-secretário-geral da Liga Árabe Amre Moussa, ficaram em quarto e quinto lugar, com 17,2% e 10,9% dos sufrágios, respectivamente.

De acordo com o presidente da Comissão Eleitoral, Farouk Sultan, a participação dos egípcios no primeiro turno foi de 46%, dos 50 milhões de eleitores convocados. Sultan, que também reconheceu que houve algumas falhas durante a apuração dos votos, acabou minimizando a importância das irregularidades ao afirmar que tais fatos não chegaram a comprometer o desenvolvimento do processo eleitoral. EFE