Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mulher desaparecida há cinco anos é encontrada emparedada na Alemanha

A polícia afirma que marido, que vivia na casa onde o cadáver estava escondido, confessou o crime

A polícia da Alemanha achou na quarta-feira o corpo de uma mulher desaparecida há cinco anos no interior de uma parede falsa de uma casa na cidade Königswinter, na região de Bonn. O marido da mulher, identificado apenas como Gerd, de 52 anos, que vivia na casa com uma nova mulher, acabou sendo preso. Segundo as autoridades, ele confessou ter estrangulado a mulher em fevereiro de 2008 no meio de uma briga conjugal. Depois, tal como no conto O Gato Preto, de Edgar Allan Poe, ele montou uma estrutura falsa em seu porão para esconder o corpo.

Logo após o sumiço, o homem contou para parentes e amigos que sua esposa, então com 40 anos, que foi identificada como Sigrid Paulus, o havia deixado para começar uma nova vida. Nos anos seguintes, nenhuma investigação foi conduzida pela polícia porque ninguém havia notificado o desaparecimento dela, segundo informações do jornal alemão Bild.

Leia também:

Polícia portuguesa reabre o caso Madeleine

Foi só em dezembro de 2012 que a situação começou a mudar. Uma das filhas da mulher procurou a imprensa para relatar o sumiço da mãe. Um programa de TV sobre desaparecimentos suspeitos começou a abordar o caso. A polícia então verificou que nos últimos anos a mulher nunca havia contatado as autoridades para informar sobre mudanças de endereço (algo obrigatório no país) e também não vinha usando cartões de saúde ou da previdência social.

Nas semanas seguintes a polícia oficialmente deu início a uma investigação, mas foi só nesta semana que as buscas na casa começaram. A polícia afirma que ao verificar o porão na quarta-feira, notou que uma das paredes parecia mais recente que as outras. Ao perfurar o concreto, os policiais encontraram o cadáver. O corpo acabou sendo levado para o Instituto Médico Legal de Bonn, que confirmou a identidade da vítima, segundo o jornal Rhein-Sieg-Anzeiger.

Em julho, autoridades americanas se depararam com um caso semelhante, ao encontrar em uma parede falsa de uma casa no estado de Nova York o corpo de uma mulher que havia desaparecido em 1985.