Clique e assine a partir de 9,90/mês

Mulher denúncia ‘agressão sexual’ na casa do embaixador da Nigéria no Brasil

Por Da Redação - 17 jul 2012, 16h59

Brasília, 17 jul (EFE).- Uma cidadã nigeriana denunciou que foi ‘agredida sexualmente’ por um pastor na residência oficial do embaixador da Nigéria em Brasília, informaram fontes oficiais nesta terça-feira.

A denúncia foi feita por Nkiruka Paciota Ownegbuna, de 32 anos, que segundo a ‘Agência Brasil’ acusou o pastor evangélico nigeriano Marcos Abiazie de agressão sexual.

No sábado passado, a mulher se apresentou na polícia para denunciar o caso e disse que tanto ela como o religioso estavam hospedados na residência do embaixador nigeriano, Goodluck Ebele Jonathan, como ‘convidados’, indicou a fonte.

O Ministério das Relações Exteriores confirmou que o pastor, acusado pela mulher, não figura na lista oficial de funcionários da embaixada nigeriana, e por isso não goza de imunidade diplomática, devendo ser processado pelas leis brasileiras. EFE

Publicidade