Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Mubarak ‘está em coma’, médicos tentam reanimá-lo (fonte médica)

Por Da Redação - 19 jun 2012, 19h47

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak está “em coma”, indicou uma fonte médica, pouco depois de a imprensa oficial Mena ter anunciado a “morte clínica” nesta terça-feira do “rais” deposto.

Mubarak, de 84 anos, “está em coma e os médicos tentam reanimá-lo. Respira com a ajuda de aparelhos”, afirmou a fonte médica.

A agência oficial Mena havia anunciado anteriormente que o ex-presidente estava “clinicamente morto” após a sua chegada ao hospital militar de Maadi, no subúrbio do Cairo, a alguns quilômetros da prisão de Tora, onde estava detido desde a sua condenação à prisão perpétua há pouco mais de duas semanas.

A televisão estatal divulgava durante a noite imagens de arquivo de Mubarak.

Publicidade

O advogado do ex-chefe de Estado não foi localizado até o momento pela AFP.

Mubarak foi condenado à prisão perpétua no dia 2 de junho pela repressão à revolta contra o seu governo no início de 2011, que deixou cerca de 850 mortos.

O tribunal não o acusou de ter uma responsabilidade direta, mas de não ter tomado as medidas necessárias para impedir essas mortes.

Publicidade