Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mubarak e filhos têm julgamento marcado para 13 de abril

Ele foi condenado à prisão perpétua por ordenar assassinato de opositores. Porém, ditador garantiu novo julgamento por um tribunal do Cairo, em janeiro

O novo julgamento do ditador deposto Hosni Mubarak, seus filhos e principais assessores vai começar no próximo dia 13 de abril, disse um tribunal egípcio neste domingo. A corte ordenou que as audiências sobre o assassinato de manifestantes tenham início apenas nove dias antes das eleições.

Saiba mais:

Saiba mais: Corte aceita apelo de Mubarak, que terá novo julgamento

Mubarak, o primeiro governante árabe a ser julgado por seu povo após os levantes que varreram o Oriente Médio e o Norte da África, foi condenado à prisão perpétua por ordenar o assassinato de manifestantes, mas garantiu um novo julgamento por um tribunal do Cairo, em janeiro.

O novo processo poderia aumentar as tensões em um momento de turbulência política e econômica no Egito, que tem visto ondas de agitação de rua ao longo dos dois anos desde que Mubarak renunciou. O novo presidente islâmico, Mohamed Mursi, acusa partidários de Mubarak de fomentar um pouco da agitação.

Leia também:

Leia também: Mubarak tem costelas quebradas e líquido nos pulmões

Defesa – Um dos advogados de defesa de Mubarak, Mohamed Abdel Razek, denunciou que a data do novo julgamento tem moticações políticas e é projetado para manter o ex-líder, de 84 anos, detido. Mubarak, que governou o Egito durante três décadas, está detido por quase dois anos e está atualmente em um hospital militar do Cairo.

“Definir 13 de abril como a data para o novo julgamento é uma decisão política, na medida em que o prazo da prisão temporária de Mubarak termina no mesmo dia, considerando que ele não deveria estar na cadeia a menos que um novo julgamento começasse”, disse Abdel Razek.

(Com agência Reuters)