Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mourão diz que Venezuela atrai conflito ‘do tempo da Guerra Fria’

Vice-presidente afirma que EUA e Rússia 'estão brigando' pelo país sul-americano e que 'o Brasil tem que saber se posicionar corretamente nisso aí'

Em uma referência indireta aos Estados Unidos e à Rússia, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, disse nesta terça-feira, 26, durante evento com empresários em São Paulo, que o Brasil precisa saber se posicionar corretamente em relação à crise da Venezuela.

“Nos preocupa, senhoras e senhores, que um conflito do tempo da Guerra Fria esteja sendo atraído para nosso subcontinente, na nossa vizinha Venezuela. Duas grandes potências estão brigando pela Venezuela. O Brasil tem que saber se posicionar corretamente nisso aí”, discursou.

No sábado, 23, dois aviões da Rússia chegaram à Venezuela, trazendo um oficial de Defesa do país e cerca de cem soldados, no que foi entendido como um aumento da escala de apoio russo ao governo de Nicolás Maduro.

Previdência

Em relação ao governo do presidente Jair Bolsonaro, Mourão fez uma forte defesa da reforma da Previdência “Vamos ter que tomar algumas medidas que não serão das mais populares para que todos os brasileiros tenham futuro”, disse Mourão.

O vice fez ainda uma autocrítica em relação ao Ministério da Educação, palco recente de uma crise envolvendo o ministro Ricardo Vélez Rodríguez, com várias exonerações de membros do primeiro escalão da pasta. Ele repetiu que o MEC necessita de um “freio de arrumação”.

(Com Estadão Conteúdo)