Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mortes causadas por tornado nos EUA sobem para 91

Tragédia em Oklahoma City deixou pelo menos 20 crianças entre os mortos. Casas e escolas foram totalmente devastadas na região metropolitana da cidade

O tornado que atingiu a região metropolitana de Oklahoma City nesta segunda-feira deixou ao menos 91 mortos, segundo nova estimativa divulgada na madrugada desta terça. O número de mortos confirmados é 51, entre eles ao menos vinte crianças, mas os legistas já informaram as autoridades da existência de pelo menos mais quarenta corpos. Com os trabalhos de resgate em andamento, as autoridades locais acreditam que o número total de mortos ainda pode aumentar. O estado de Oklahoma, no Sul dos Estados Unidos, faz parte da região atingida por fortes rajadas de vento que deixaram um rastro de destruição nos últimos dias.

Após uma tempestade provocar uma série de tornados nos estados do Kansas, Oklahoma e Iowa no domingo, a região metropolitana de Oklahoma City foi a mais afetada nesta segunda. Este último tornado deixou ainda cerca de 145 feridos que foram levados a hospitais, destruiu várias casas e atingiu ao menos duas escolas no distrito de Moore, na região metropolitana da capital.

Segundo a rede americana CNN, as autoridades afirmaram que pelo menos sete alunos de uma das escolas morreram – todos eram crianças, já que o colégio era de ensino básico. Ao menos 75 estudantes estavam no local quando a tormenta atingiu em cheio o prédio da escola. Em Moore, o tornado chegou perto do maior nível de intensidade na escala Fujita, com ventos acima de 300 quilômetros por hora.

Saiba mais

TORNADO

Tipo de tormenta que costuma durar menos de três minutos, mas é muito violenta, os tornados são o resultado do choque entre duas correntes de ar – uma quente e úmida, outra fria e seca. Quando as duas se encontram em alta velocidade, o ar quente é lançado para o alto, se condensa e inicia uma tempestade que pode atingir até 800 km/h, o bastante para destruir todas as construções que encontrar pelo caminho.

Desaparecidos – Ruas e estradas foram tomadas pelo entulho, dificultando o acesso de equipes de resgate. Em entrevista na noite desta segunda, a governadora de Oklahoma, Mary Fallin, afirmou que continua a busca por desaparecidos, inclusive mais crianças. O Sistema de Meteorologia dos Estados Unidos alertou os moradores a buscar locais seguros.

Além de Oklahoma, o alerta vale também para Texas, Arkansas, Kansas, Missouri, Nebraska, Iowa, Illinois, Indiana, Wisconsin e Michigan. A região de maior risco inclui Joplin, no Missouri, onde há dois anos um violento tornado matou 161 pessoas.

No domingo, pelo menos duas pessoas morreram e quase quarenta ficaram feridas na passagem do tornado por Oklahoma. A governadora Mary Fallin decretou estado de calamidade em dezesseis condados. Os maiores danos foram registrados em Shawnee, a 55 quilômetros de Oklahoma City. Na quinta-feira, dez tornados atingiram o Texas e mataram seis pessoas.

Tragédia em 2011 – O maior número de mortos deixados por uma série de tornados nos Estados Unidos foi registrado há apenas dois anos. Pelo menos 545 pessoas morreram em 2011, um recorde desde 1936, segundo o Serviço Nacional de Meteorologia.