Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Morrem pelo menos 12 pessoas em 2 atentados no Afeganistão

Por Da Redação - 3 jan 2012, 14h27

Cabul, 3 jan (EFE).- Pelo menos 12 pessoas, oito civis e quatro policiais, morreram em dois atentados nesta terça-feira na cidade de Kandahar, no sul do Afeganistão, segundo informou à Agência Efe uma fonte oficial.

No fim da tarde, duas explosões coordenadas acabaram com a vida de pelo menos sete pessoas, quatro civis e três policiais, e deixaram cerca de 20 feridos nos limites de um cemitério da localidade sulina.

‘Primeiro explodiu uma bomba que matou civis e atraiu a Polícia. Depois um suicida atacou os agentes com um veículo de três rodas e detonou uma segunda carga explosiva’, disse um porta-voz do governo de Kandahar.

Horas antes, outro atentado matou quatro crianças e um policial depois que um suicida que conduzia uma motocicleta fez explodir seu colete carregado de explosivos no sul da mesma cidade.

Publicidade

A província de Kandahar, no conflituoso sul afegão, é o berço histórico do movimento talibã, e atualmente os arredores de sua capital continuam sendo um dos principais viveiros da atividade insurgente no Afeganistão.

Os atentados desta terça-feira chegam no mesmo dia em que os insurgentes mostraram sua disposição de negociar com a comunidade internacional através de uma ‘embaixada talibã’ no emirado do Catar.

‘Temos uma forte implantação dentro (do Afeganistão), mas também estamos prontos para formar um escritório fora para dialogar com os estrangeiros’, disse à agência Efe o porta-voz do movimento talibã por telefone de um lugar não especificado.

‘Conseguimos um princípio de acordo sobre o escritório do Catar. Além disso, pedimos a libertação dos presos talibãs que continuam na prisão de Guantánamo’, acrescentou. EFE

Publicidade