Clique e assine com 88% de desconto

Morre um dos estudantes feridos em disparos em escola

Autor dos tiros seria um estudante, que está preso, afirmam autoridades

Por Da Redação - 27 fev 2012, 14h03

Ao menos um estudante morreu e quatro ficaram feridos nesta segunda-feira após uma série de disparos no instituto Chardon, em Ohio, nos Estados Unidos. De acordo com a emissora Fox News, três dos feridos estão em estado crítico.

Conforme as autoridades locais, o autor dos disparos, aparentemente outro aluno, está detido, depois de se entregar à polícia. A rede CNN informou que o atirador teria sido perseguido por uma professora do lado de fora do prédio pouco antes dos tiros. O suspeito teria enviado uma mensagem ameaçadora via Twitter antes do massacre. “Acho que ele disse que levaria uma arma à escola, e todos pensaram que ele estava brincando”, disse à CNN um colega.

Os disparos aconteceram por volta das 7h40 no horário local (9h40 em Brasília) no interior da lanchonete da instituição, explicou Larry Reiter, membro do conselho escolar. Ao todo, a escola tem cerca de 1.150 alunos. Vários estudantes enviaram mensagens de texto aos pais avisando sobre os tiros, que obrigou o fechamento e a suspensão das aulas.

A polícia cercou o entorno do prédio. Assim que souberam do incidente, dezenas de pais e mães correram para escola em busca de notícias dos filhos. Por precaução, as autoridades decidiram fechar também todas as demais escolas de Chardon, cidade de apenas 5.000 habitantes a 30 quilômetros ao leste de Cleveland, uma das maiores cidades do estado de Ohio.

Publicidade

(Com agência EFE)

Publicidade