Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Sydney Schanberg, jornalista americano que inspirou ‘Os Gritos do Silêncio’

Vencedor do prêmio Pulitzer, Schanberg sofreu um ataque cardíado na terça-feira e faleceu neste sábado, aos 82 anos, em Poughkeepsie, no estado de Nova York

O jornalista americano Sydney Schanberg, cujo relato da violenta chegada ao poder no Camboja do Khmer Vermelho foi adaptado para o cinema em Os Gritos do Silêncio, morreu nos Estados Unidos, aos 82 anos, divulgou o jornal The New York Times. Vencedor do prêmio Pulitzer, Schanberg sofreu um ataque cardíado na terça-feira e faleceu neste sábado em Poughkeepsie, no estado de Nova York.

Em 1975, enquanto diplomatas e jornalistas fugiam do Camboja, Schanberg e seu assistente Dith Pran permaneceram no país para reportar o avanço do Khmer Vermelho, liderado pelo tirano Pol Pot, sobre sobre a capital Phom Penh. A história inspirou o filme Os Gritos do Silêncio, de 1984, dirigido por Roland Joffé.

Leia mais:

Aguinaldo Silva revela o político brasileiro que seus alunos querem ver como vilão

Morre o ator americano John McMartin, aos 86 anos

“Syd era um grande escritor, um repórter corajoso e um modelo importante a seguir para mim”, escreveu no Facebook o amigo e ex-colega de NYT Charles Kaiser. O jornal americano descreveu Schanberg como um correspondente estrangeiro quase ideal: “um aventureiro que assumia riscos e desconfiava das autoridades”.

Veja o trailer de Os Gritos do Silêncio.

(Com agência France-Presse)