Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre presidente do Uzbequistão, aos 78 anos

Islam Karimov, que esteve mais de 25 anos no poder no Uzbequistão, sofreu um derrame cerebral no último sábado.

(Atualizado às 14h30)

O governo e o parlamento do Uzbequistão anunciaram nesta sexta-feira o falecimento do presidente do país, Islam Karimov, em um comunicado oficial conjunto. “No dia 2 de setembro, após uma grave doença, morreu o destacado líder político, o presidente do Uzbequistão Islam Karimov”, afirma o comunicado, que acrescenta que o enterro vai acontecer no sábado em sua cidade natal, Samarkanda.

Mais cedo, as autoridades uzbeques haviam anunciado que Karimov estava em “estado crítico”, após sofrer um derrame cerebral no último sábado. O líder, que faleceu com 78 anos, esteve mais de 25 anos no poder no Uzbequistão, país que comemorou ontem o Dia da Independência. Em março de 2015, ele ganhou pela quarta vez as eleições presidenciais com mais de 90% dos votos, em processo criticado pela Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE).

Leia também:
Imperador do Japão expressa desejo de abdicar
Atentado com caminhão-bomba na Turquia deixa 11 mortos

O primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, lamentou a morte de Karimov em uma entrevista coletiva depois de uma reunião de seu gabinete. “O presidente uzbeque, Islam Karimov, faleceu. Que a misericórdia de Deus esteja com ele. A República da Turquia compartilha a dor e a tristeza com o povo uzbeque”, afirmou em Ancara.

Em 1989, Karimov se tornou líder do país, à época uma das 15 repúblicas soviéticas, e seguiu no cargo após a independência, em 1991. Várias organizações acusam o presidente de fraude nas eleições em várias ocasiões, pela detenção arbitrária de centenas de opositores e por apoiar o uso da tortura nas prisões. Apesar dos boatos crescentes sobre a fragilidade de seu estado de saúde, Karimov não chegou a nomear um sucessor.

(Com EFE e AFP)