Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre Jaruzelski, o último presidente da Polônia comunista

General morreu aos 91 anos vítima de um acidente vascular cerebral

O general Wojciech Jaruzelski, último presidente da Polônia comunista, morreu neste domingo aos 91 anos após sofrer um acidente vascular cerebral. Nascido em julho de 1923, ele estava internado em um hospital de Varsóvia desde que sofreu o AVC, em 11 de maio.

Jaruzelski foi uma das principais figuras militares e políticas do país entre as décadas de 1960 e 1980. O líder ocupou a pasta da Defesa em 1968 e fez parte da cúpula dirigente da Polônia comunista. Foi primeiro-ministro entre os anos de 1981 e 1985 e ocupou a presidência da Polônia entre 1989 e 1990.

O general decretou a Lei Marcial na Polônia em 1981. Na época, Jaruzelski considerava a medida necessária para evitar a intervenção de Moscou em um período no qual grande parte da sociedade polonesa clamava pelo fim do comunismo. Posteriormente, promoveu as primeiras eleições livres e a transição para a democracia.

A Justiça polonesa acusou Jaruzelski de diversos crimes e o processou várias vezes, em particular por impor a lei marcial. Ele nunca foi condenado. Nos últimos anos, o ex-presidente lutava contra um câncer e uma pneumonia e permaneceu vários períodos hospitalizado. A notícia de sua morte foi comunicada à imprensa por outro ex-presidente, o socialista Aleksander Kwasniewski.

(Com agência EFE)