Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre em emboscada um dos principais líderes rebeldes do Sudão do Sul

Cartum, 20 dez (EFE).- O general dissidente George Athor, um dos líderes rebeldes mais importantes do Sudão do Sul, morreu nesta segunda-feira à noite em uma emboscada realizada pelo Exército do país, informou nesta terça o porta-voz militar Phillip Aguer.

Em declarações à Agência Efe, Aguer assinalou que Athor, líder de uma facção dissidente do Exército Popular de Libertação do Sudão (EPLS), morreu na região de Morobu, perto da fronteira com Uganda e República Democrática do Congo.

Antes do Sudão do Sul se emancipar de seu vizinho do norte, em 9 de julho, Athor se rebelou contra o governo de Juba após perder as eleições gerais de abril 2010 e acusar as autoridades da província petrolífera de Jongeli de fraude.

Aguer detalhou que Athor se dirigia a uma cerimônia de ‘graduação’ de novos recrutas rebeldes.

O porta-voz militar destacou que o líder opositor recebia apoio do regime de Cartum para desestabilizar as autoridades de Juba.

Athor e o presidente do Sudão do Sul, Salva Kiir, realizaram negociações em novembro em Nairóbi, que terminaram sem acordo.

Antes de defender a rebelião após as eleições de 2010, Athor foi dirigente do EPLS, milícia à qual se união em 1983, no início da guerra contra o regime de Cartum. EFE