Clique e assine com até 92% de desconto

Morre designer japonês Sori Yanagi, aos 96 anos

Por Da Redação 27 dez 2011, 09h18

Tóquio, 27 dez (EFE).- O mundo do design industrial japonês perdeu Sori Yanagi, mestre das linhas nítidas e simples que aplicou em trabalhos como o ‘Butterfly Stool’ (Banco Borboleta, em tradução livre), que faz parte da coleção permanente do Museu de Arte Moderna (Moma) de Nova York.

Sori Yanagi, cujo nome real era Munemichi Yanagi, morreu no domingo em um hospital de Tóquio, aos 96 anos, em decorrência de uma pneumonia, detalha a imprensa japonesa nesta terça-feira.

Nascido em Tóquio em 1915, o designer, que nunca escondeu sua paixão pela arquitetura, abriu seu próprio estúdio em 1953 e quatro anos mais tarde participou da Trienal de Milão com uma coleção que incluía seu ‘Butterfly Stool’, e sua forma inspirada nas asas de uma borboleta.

O sucesso da peça fez com que passasse a fazer parte da coleção do Moma, mas suas obras também podem ser vistas em outros museus, como o Louvre.

Yanagi buscava a beleza na vida diária com formas simples e arredondadas, que utilizou tanto em seus desenhos de pontes e estradas como no desenho de utensílios domésticos como facas e garfos.

Também foi o autor do desenho da pira olímpica utilizada nos Jogos de Inverno realizados em 1972 na cidade de Sapporo, no norte do Japão. Seu design incluiu desde infraestruturas a móveis, além de peças de porcelana, brinquedos e até motocicletas.

Yanagi já ocupou o cargo de diretor do Museu de Artesanato Popular do Japão (Nihon Mingeikan), e em 2002 recebeu o reconhecimento ao Mérito Cultural por parte do Governo japonês.

A despedida do designer, pai de quatro filhos, será em uma cerimônia privada, de acordo com a imprensa japonesa. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade