Clique e assine a partir de 9,90/mês

Morre Belisario Betancur, presidente da Colômbia nos anos 1980

Governante iniciou negociações de paz com cinco grupos guerrilheiros, mas não alcançou acordos de paz

Por Da Redação - Atualizado em 7 dez 2018, 20h52 - Publicado em 7 dez 2018, 20h50

Responsável por iniciar negociações de paz com as guerrilhas na Colômbia, o ex-presidente Belisario Betancur, que comandou o país entre 1982 e 1986, morreu aos 95 anos de idade nesta sexta-feira, 7, Clínica Santa Fé de Bogotá, onde estava internado para tratar um problema renal.

Natural de Amagá, no departamento de Antioquia, Betancur manteve-se fiel durante sua carreira política ao Partido Conservador Colombiano, que apoiou a eleição do atual presidente, Iván Duque, e de seus antecessores Juan Manuel Santos e Álvaro Uribe.

Durante seu governo, iniciou diálogos com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o Exército Popular de Libertação (EPL), o Movimento 19 de Abril (M-19), com o Exército de Libertação Nacional (ELN) e com a Autodefesa Operária (ADO). Dessas guerrilhas, o governo do atual presidente, Iván Duque, ainda negocia com a ELN e se enfrenta com dissidentes das Farc.

Betancur não obteve, no seu mandato, o resultado esperado. Seu mandato acabou marcado pela tomada do Palácio da Justiça, em Bogotá, por guerrilheiros  do M-19. A ação terminou no dia seguinte, deixando 94 mortos, entre eles os 11 juízes da Corte Suprema de Justiça.

Continua após a publicidade

No mesmo mês, o vulcão Nevado del Ruiz entrou em erupção, apagando do mapa o município de Armero, no centro do país. O fenômeno deixou cerca de 25 mil mortos.

Betancur também é lembrado por desistir de sediar a Copa do Mundo de 1986 porque considerava que o país não podia atender às exigências da Fifa e preferia investir os recursos necessários em obras de maior utilidade para a população.

Uma das últimas aparições públicas de Betancur ocorreu em 13 de novembro passado, quando assistiu à cerimônia de entrega das condecorações da Ordem de Isabel aos escritores colombianos Juan Gabriel Vásquez e Héctor Abad Faciolince, na Embaixada da Espanha em Bogotá,

Na cerimônia, o ex-presidente discursou de sua cadeira de rodas. Sua morte foi anunciada por meio de um breve comunicado do hospital.  “A direção médica da Fundação Santa Fé de Bogotá informa o falecimento do senhor ex-presidente da República Belisario Betancur, no dia 7 de dezembro, às 14h32 (horário local).”

Continua após a publicidade

A vice-presidente da Colômbia, Marta Lucía Ramírez, chegou a anunciar a morte de Betancur na quinta-feira pelo Twitter, mas corrigiu a informação minutos depois.

(Com EFE e AFP)

Publicidade