Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre aos 101 anos González Ruiz, presidente do Panamá durante seis dias

Panamá, 15 mar (EFE).- O médico Bernardino González Ruiz, que foi presidente interino do Panamá durante seis dias em 1963, além de ministro, deputado e embaixador, entre outros cargos, morreu nesta quinta-feira aos 101 anos.

Em vez de luto, o governo decretou três dias de ‘reflexão’ nacional, vigentes a partir desta sexta-feira, para atender a um pedido feito pelo próprio González Ruiz, que não queria que sua morte fosse motivo de feriado escolar, segundo um comunicado da Presidência panamenha.

De qualquer forma, a bandeira nacional será hasteada a meio mastro durante os três dias, em sinal de luto.

O presidente panamenho, Ricardo Martinelli, expressou suas ‘sinceras condolências’ à viúva, filhos e demais familiares e amigos do falecido, neste ‘difícil momento de luto e dor’.

Bernardino González Ruiz, um destacado médico com longa carreira no serviço público, foi presidente interino entre os dias 17 e 23 de março de 1963, deputado da Assembleia Nacional, presidente de honra do Movimento Liberal Republicano Nacionalista e ministro do Trabalho, Previdência Social e Saúde Pública do país.

Também foi professor de Cirurgia, fundador da Faculdade de Medicina da Universidade do Panamá e membro da Junta Assessora Médica da Caixa de Seguro Social.

Era até agora o único presidente ainda vivo que exerceu o cargo antes do golpe de Estado de 1968. EFE