Clique e assine com até 92% de desconto

Monarquias do Golfo pedem que Síria ponha fim ao ‘banho de sangue’

Por Sr 6 ago 2011, 10h25

As monarquias do Golfo exigiram neste sábado que a Síria coloque fim ao “banho de sangue” e inicie “sérias reformas” no Governo, em um comunicado publicado ao dia seguinte da morte de 22 manifestantes no país, vítimas de disparos das forças de segurança.

“O Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) exige que Damasco ponha fim de imediato à violência e ao banho de sangue”, traz o comunicado.

O CCG, formado pela Arábia Saudita, Kuwait, Bahrein, Emirados Árabes Unidos, Omã e Qatar, pediu “razão e a tomada de sérias e necessárias reformas que protejam os direitos e a dignidade do povo sírio”, acrescenta o texto.

Publicidade