Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ministro da Informação do Iêmen escapa ileso de atentado

Por Da Redação - 31 jan 2012, 11h43

Sana, 31 jan (EFE).- O ministro de Informação do Iêmen, Ali al Omrani, escapou ileso de um atentado na capital Sana quando deixava uma reunião do Conselho de Ministros.

Após participar do encontro, Al Omrani foi para seu carro e quando estava no veículo foi alvo de vários disparos realizados por um grupo armado. Nenhuma das pessoas que estava com o ministro ficou ferida. Os criminosos fugiram.

Al Omrani foi recentemente designado pela oposição para integrar o Executivo, dirigido pelo líder opositor Mohammed Salem Basandawa e integrado por membros do partido do presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh.

A formação do gabinete de coalizão, em dezembro do ano passado, faz parte da iniciativa do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG), que procura solucionar a crise política no país.

Continua após a publicidade

Membros da oposição e do partido de Saleh assinaram em novembro um acordo em Riad como resposta aos protestos que eclodiram no início do ano passado e que exigiam a renúncia do presidente após 33 anos no poder.

A medida não acabou com a crise no Iêmen, já que nas últimas semanas se sucederam episódios de violência e manifestações que pedem um julgamento para o líder, que atualmente está nos Estados Unidos para se tratar dos ferimentos que sofreu após um atentado em junho de 2011.

Além disso, o Parlamento aprovou em 21 de janeiro uma lei que concede imunidade total a Saleh e livra seus colaboradores de processos por motivos políticos.

O ataque contra Al Omrani não foi o primeiro que ocorreu no país contra membros do país.

Continua após a publicidade

Em 30 de setembro, o então vice-ministro de Informação do Iêmen, Abdo el Yanadi, escapou de um ataque na capital, dias após o ministro da Defesa, Mohammed Nasser Ahmad, ficar ferido após um atentado praticado com carro-bomba na cidade de Áden. EFE

Publicidade