Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Militares venezuelanos testaram míssil russo no início de fevereiro

Vídeo divulgado pelas Forças Armadas mostra exercícios com equipamentos comprados de Moscou

Um vídeo publicado pela Marinha Bolivariana da Venezuela mostra um exercício conjunto com a Força Aérea e o Exército do país, no qual são testados equipamentos e armas comprados da Rússia desde 2006.

As imagens foram produzidas no início do mês de fevereiro e, de acordo com o jornal peruano El Comercio, exibem um caça Sukhoi Su-30MK2V disparando um míssil anti-navios Kh-31, ambos comprados de Moscou.

O teste de armamentos faz parte dos exercícios do Bicentenário do discurso de Angostura (realizado pelo herói nacional Simon Bolívar), que ocorreram na primeira quinzena de fevereiro e têm como objetivo fortalecer a capacidade defensiva do território venezuelano pelas Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB).

A Sukhoi Su-30MK2V é uma aeronave de fabricação russa armada com mísseis de precisão, que tem um alcance de lançamento de cerca de 120 quilômetros.

Essas aeronaves começaram a chegar na Venezuela em 2006 em um dos muitos acordos de venda de armas entre o governo de Chávez e a Rússia. Segundo o jornal El Comercio, há cerca de 24 unidades no país.

A Venezuela vive momento de tensão com parte da comunidade internacional. Os Estados Unidos e diversos outros países, incluindo o Brasil, não reconhecem Nicolás Maduro como presidente legítimo do país. O opositor Juan Guaidó, presidente da Assembleia Nacional, também se proclamou presidente e, no próximo sábado, pretende permitir que entre ajuda humanitária no país – medida não autorizada por Maduro.